WOS Team ambiciona estar nos Jogos de 2020

  •  
  •  
  •  

O Clube Desportivo WOS Team ambiciona ter “um nadador nos Jogos Olímpicos de 2020”, afirma, ao Chlorus, Edgar Andrade, treinador principal da nova equipa nascida no Funchal.

“Este é um ano de arranque e transição, mas daqui a dois vamos apostar forte e ambicionamos ter um nadador nos Jogos Olímpicos de 2020, em Tóquio”, refere o técnico que deixou o Colégio Vasco da Gama para abraçar este novo projeto na Madeira.

“O objetivo é elevar o nível da natação na Madeira, associando grandes nomes aos que mais destacaram como Paulo Camacho e Luís Pinto. Pretendemos, numa primeira fase, alargar o número de atletas federados e ampliar o número de alunos da escola de natação”, frisa Edgar Andrade.

Para já, a equipa treina nas piscinas da Penteada e Liceu Jaime Moniz – nove treinos de água e quatro em seco por semana –, mas futuramente “o clube espera ter infraestruturas próprias”.

A equipa é constituída pelas juniores Laura Abreu e Beatriz Rosa, vindas do Nacional da Madeira, pela juvenil Maria Brinquinho e pelo infantil Rodrigo Matos.

O quarteto cumpriu na passada semana, durante três dias, o seu primeiro estágio no continente, junto da equipa do Clube Fluvial Portuense, onde puderam nadar com Angélica André e a olímpica Vânia Neves. “Foi muito gratificante poder treinar no Fluvial, das equipas com mais nadadores em Portugal. Foi importante também nadar em piscina de 50 metros”, afirma o treinador da Wos Team.

Os nadadores madeirenses tiveram a visita de Ana Catarina Monteiro, madrinha deste novo projeto, a par de Diogo Carvalho, Alexis Santos e Nuno Quintanilha. “Os nossos padrinhos falam com os nadadores e passam-lhes as suas experiências, explicam-lhes os métodos de trabalho e incentivam o grupo de treino”, diz Edgar Andrade, acrescentando que serão realizados, nestes moldes, “cinco campos de treino”.

Para esta temporada, a WOS Team tem ainda como objetivo “o apuramento de um nadador para os Europeus de Juniores”, bem como “a presença regular das juniores em finais A de provas nacionais”, revela o técnico.

Edgar Andrade é coadjuvado por André Silva, enquanto Luís Pinto é o diretor desportivo e treinador dos escalões de formação. Cristina Valentim, enfermeira especialista em estimulação neurosensorial aquática para bebés, ocupa a função de monitora de aulas para bebés.

Mais de 10 mil leitores não dispensam o Chlorus.
Fazer jornalismo de Natação tem um custo e por isso
precisamos de si para continuar a trabalhar e fazer melhor.
Torne-se nosso assinante por apenas 12€ por ano e
tenha acesso a todos os conteúdos Premium.



Comentários