Verona de Inês Braga sobe à Série A1 de Itália

  •  
  •  
  •  

O CSS Verona onde alinha a portuguesa Inês Braga garantiu no passado fim de semana a subida à Série A1 de Itália, um feito histórico para o clube que na época anterior não foi além da quarta posição.

Com o objetivo inicial de se manter no escalão secundário, a equipa de Verona surpreendeu com o apuramento para o play-off de subida e, depois de ultrapassar nas meias-finais o Acquchiara, bateu o Ancona na final. Também ascendeu ao escalão principal a formação do F’&D HDO Velletri que venceu a outra série.

Inês Braga, de 34 anos, foi a melhor marcadora da fase regular com 40 golos e da fase de play-off com 11 tentos, garantindo ainda o maior número de assistências para golo, maior número de recuperações de bola e maior número de ações de jogo.

Recorde-se que após o play-off a jogadora portuguesa deslocou-se para os Jogos do Mediterrâneo, em Tarragona (Espanha), para defender as cores nacionais frente à Turquia, com o triunfo a sorrir a equipa lusa por 16-8 com quatro golos de Inês Braga.

A jogadora portuguesa regressou a Itália na temporada de 2016/17 para representar o CSS Verona, tornando-se na primeira estrangeira a ingressar no clube.

Inês Braga, que esteve no Europeu de Belgrado em 2016, iniciou a sua carreira aos 13 anos no Centro Desportivo Universitário do Porto, tendo representado depois o Estrela e Vigorosa Sport, Fluvial Portuense, Nancy, Dos Hermanas, Clube Natação da Amadora, Prato Waterpolo e WP9802.

É a jogador mais internacional de sempre.

Créditos da foto: Loris Castagnini Facebook

Mais de 10 mil leitores não dispensam o Chlorus.
Fazer jornalismo de Natação tem um custo e por isso
precisamos de si para continuar a trabalhar e fazer melhor.
Torne-se nosso assinante por apenas 12€ por ano e
tenha acesso a todos os conteúdos Premium.



Comentários