Tóquio-2020: Schoenmaker bate recorde mundial nos 200 bruços

  •  
  •  
  •  

A sul-africana Tatjana Schoenmaker foi, esta sexta-feira, a grande figura da jornada de finais de natação dos Jogos Olímpicos Tóquio-2020, ao estabelecer o primeiro recorde mundial individual, com o triunfo nos 200 metros bruços.

Depois de há dois dias ter ficado a cinco centésimos do registo da dinamarquesa Rikke Möller Pederson, que tinha a melhor marca de sempre desde 01 de agosto de 2013, com 2.19,11 minutos, Schoenmaker ‘arrasou-o’ agora por 16 centésimos na final.

Depois da prata nos 100 metros bruços, a sul-africana ganhou o ouro nos 200 em 2.18,95 minutos, sendo secundada por duas norte-americanas: já bronze no hectómetro, Lilly King foi segunda, em 2.19,92, e Annie Lazer terceira, em 2.20,84.

Créditos da foto: FINA

Mais de 10 mil leitores não dispensam o Chlorus.
Fazer jornalismo de Natação tem um custo e por isso
precisamos de si para continuar a trabalhar e fazer melhor.
Torne-se nosso assinante por apenas 10€ por ano e
tenha acesso a todos os conteúdos Premium.



Comentários