Sporting regressa aos treinos em Alvalade

  •  
  •  
  •  

A equipa de natação de absolutos do Sporting Clube de Portugal, após uma paragem bem mais longa do que o habitual devido à pandemia de Covid-19, regressou esta terça-feira aos treinos na piscina do Multidesportivo do Estádio José Alvalade, anunciou o clube leonino.

“Não há literatura ou estudos em que nos possamos basear depois de os atletas terem estado tanto tempo parados. (…) Um nadador tem de estar dentro de água, é o seu habitat natural. Por mais planos de preparação física que tivéssemos enviados aos atletas, nada se assemelha a nadar. Houve alguns que conseguiram ter acesso a piscinas durante a pandemia, mas não é a mesma coisa. É tudo uma novidade”, referiu o treinador Carlos Cruchinho.

Doze atletas já haviam começado a treinar há quase dois meses no Centro de Alto Rendimento do Jamor, sendo que os restantes retomam agora as atividades diárias.

Segundo o responsável técnico, o foco é “melhorar as fragilidades que alguns dos atletas já revelavam anteriormente”, mas este regresso já permite começar a olhar para o futuro da modalidade e, mais concretamente, para a calendarização das competições.

“Contamos que haja provas a partir de setembro. A Federação Portuguesa de Natação (FPN) está a trabalhar no sentido de encontrar novos modelos competitivos que respondam às necessidades da modalidade. Ainda assim, é tudo muito incerto neste momento. Há a possibilidade de se realizar um campeonato nacional em novembro ou dezembro, mas sempre com condições diferentes das habituais”, assegurou.

Também regressou a equipa de natação adaptada, depois de ter realizado o último treino no dia 13 de março.

“A natação assume uma forma de estar bastante importante nas vidas destes atletas. Todos eles têm atividades adicionais que executam, em centros ocupacionais, mas a natação é muito importante na vida diária deles, até para que haja reconhecimento pessoal e perante a sociedade. O facto de terem estado fechados em casa durante tanto tempo estava a causar-lhes alguma ansiedade. Voltar a casa é fantástico para eles e para nós“, afirmou Ricardo Pebre, treinador-adjunto da equipa, ao site do clube.

Créditos da foto: SCP

Mais de 10 mil leitores não dispensam o Chlorus.
Fazer jornalismo de Natação tem um custo e por isso
precisamos de si para continuar a trabalhar e fazer melhor.
Torne-se nosso assinante por apenas 12€ por ano e
tenha acesso a todos os conteúdos Premium.



Comentários