Recordes do Mundo nos Jogos de Tóquio? “Acho que não”, afirma Michael Phelps

  •  
  •  
  •  

Michael Phelps afirmou, este sábado, que a interrupção causada pela pandemia COVID-19 torna improvável serem estabelecidos novos recordes mundiais nos Jogos Olímpicos de Tóquio, adiados para o próximo ano.

O norte-americano, de 35 anos, garantiu o recorde de 23 medalhas de ouro em edições olímpicas. Acredita que a maioria dos nadadores está a fazer o trabalho necessário, mas que estão em grande desvantagem devido às limitações de treino e ao atraso de um ano para os Jogos: “Acho que atrasar um ano é um grande obstáculo. Os melhores vão estar lá e vocês vão ver algumas provas muito rápidas. Mas recordes mundiais? Acho que não. Com todas essas piscinas fechadas, alguém teria de ser quase perfeito no resto da preparação para ter essa possibilidade”, afirmou.

Mais de 10 mil leitores não dispensam o Chlorus.
Fazer jornalismo de Natação tem um custo e por isso
precisamos de si para continuar a trabalhar e fazer melhor.
Torne-se nosso assinante por apenas 12€ por ano e
tenha acesso a todos os conteúdos Premium.



Comentários