Pedro Adrega assume interinamente cargo de diretor executivo adjunto da FINA

  •  
  •  
  •  

O português Pedro Adrega, chefe do Departamento de Comunicações da Federação Internacional de Natação (FINA) há mais de 20 anos, vai assumir interinamente, a partir de amanhã, o cargo de diretor executivo adjunto, anunciou esta quarta-feira o Bureau daquele organismo, que se reuniu online.

Esta decisão surge na sequência da renúncia de Cornel Marculescu, diretor executivo nos últimos 35 anos.

“Os membros do Bureau da FINA reconheceram a notável devoção e papel do senhor Marculescu no desenvolvimento da atividade aquática nos cinco continentes, contribuindo para fazer do nosso desporto um pilar do Movimento Olímpico”, lê-se na nota de imprensa da FINA enviada para o Chlorus.

Também foi decidido que, de forma provisória, Marcela Saxlund Medvedev, até agora diretora executiva adjunta, ocupará o cargo de diretora executiva da FINA.

O Bureau da FINA também aprovou as Demonstrações Financeiras da FINA para 2019 e 2020, a serem posteriormente discutidas pelo Congresso da FINA em 5 de junho deste ano.

Este encontro elegerá o novo Bureau, Comité de Auditoria e Painel de Ética da FINA para o período de 2021-2025.

Propostas para mudanças na Constituição da FINA, Regras Gerais, Regras de Doping e Regras das Instalações também serão submetidas aos delegados que participam do Congresso.

Mais de 10 mil leitores não dispensam o Chlorus.
Fazer jornalismo de Natação tem um custo e por isso
precisamos de si para continuar a trabalhar e fazer melhor.
Torne-se nosso assinante por apenas 12€ por ano e
tenha acesso a todos os conteúdos Premium.



Comentários