Paolo Barelli suspenso por dois anos

  •  
  •  
  •  

O presidente da Federação Italiana de Natação (FIN), Paolo Barelli, foi suspenso por dois anos, na terça-feira, pelo painel de ética independente da FINA, que citou violações à sua constituição e código de ética.

A FINA, que já havia imposto uma suspensão provisória a Barelli em setembro, referiu que o seu painel de ética investigou alegações de irregularidades que incluíam a reivindicação de 495.587,22 euros em despesas em nome da FIN do Comité Olímpico da Itália, “apesar de já terem sido pagas pelo Ministério da Economia e Finanças italiano”.

Também citou uma “assinatura unilateral” de uma adenda a um contrato entre o órgão regulador europeu de desportos aquáticos, LEN e FIN, que beneficiou financeiramente o órgão italiano de natação.

A decisão do painel de ética foi unânime, apontou a FINA, e impediu Barelli de quaisquer “atividades aquáticas sob os auspícios da FINA”.

Mais de 10 mil leitores não dispensam o Chlorus.
Fazer jornalismo de Natação tem um custo e por isso
precisamos de si para continuar a trabalhar e fazer melhor.
Torne-se nosso assinante por apenas 10€ por ano e
tenha acesso a todos os conteúdos Premium.



Comentários