Pacense consegue a desforra e Algés confirma favoritismo

  •  
  •  
  •  

No Campeonato de Portugal Masculino, o Paredes recebeu o Aquático Pacense e os visitantes conseguiram uma vitória importante por 10-7. Ainda a norte, Fluvial Portuense venceu sem grande dificuldade o Povoense por 17-9. A sul, o Algés demonstrou a sua superioridade e conquistou os três pontos frente ao Sporting por 16-8.

Já no Campeonato Feminino, o Benfica aumentou a vantagem como líder do campeonato ao vencer o Fluvial Portuense por 17-9.

No primeiro jogo da tarde de sábado, o Paredes recebeu o Aquático Pacense na sua casa emprestada que é precisamente a piscina de Paços de Ferreira.

O Paredes entrou melhor e cedo demonstrou que queria estar confortável no encontro estando a vencer por uma diferença de quatro golos. O conjunto de Recarei, sem os habituais esquerdinos Xavier Sousa e José Saraiva, começou depois a sentir muitas dificuldades para conseguir controlar o poder ofensivo do conjunto comandado por Francisco Noronha.

Assistiu-se a uma verdadeira remontada na partida e os “tubarões” de Paços de Ferreira, com um terceiro parcial de altíssimo nível, conseguiram levar de vencida o encontro por três golos de diferença alcançando assim a desforra da primeira volta. O experiente jogador Miguel Mariani, com 4 golos, foi o melhor marcador do encontro.

Uma hora depois, a Sul, o Algés recebeu o Sporting na sua piscina. Na primeira volta, foram os leões que entraram melhor, muito coesos na defesa, no entanto, este jogo foi totalmente diferente. Com uma entrada fortíssima, a equipa de Oeiras não deu hipótese aos seus adversários e cedo dilatou uma vantagem num jogo de sentido único. Os leões ainda acordaram no terceiro período, mas a formação algesina controlou o jogo na sua totalidade. O jogador do Algés, Lucas Souza, com uma exibição de grande nível com vários golos, foi o homem da partida.

Regressando a norte, na zona do Porto, o conjunto fluvialista recebeu em sua casa a jovem equipa do Naval Povoense que tentava conseguir os seus primeiros três pontos no campeonato.

O Fluvial, com o orgulho ferido, por ter perdido para o conjunto oriundo da Povoa de Varzim na “secretaria”, demonstraram logo que não estavam para facilitismos. Com uma defesa zona muito forte e com contra-ataques bem definidos, conseguiram controlar o jogo na sua totalidade. Tiago Paraty, no ataque com 8 golos e Tiago Aparício com inúmeras defesas, foram uma dor de cabeça constante para o conjunto liderado por Javier Cáceres.

Já no único jogo do Campeonato Feminino deste fim de semana, o Benfica recebeu o Fluvial naquele que se esperava um jogo de grande nível. O Benfica não deu qualquer hipótese para o conjunto de Lordelo do Ouro conferindo um jogo efetivo a nível defensivo e ofensivo. O Fluvial até conseguiu anular a pivot Inês Nunes, mas de trás, Madalena Lousã, com 5 golos mostrou toda a sua qualidade. O Benfica segue assim cada vez mais líder isolado.

Sábado, 13/03 – Campeonato de Portugal A1 Masculino

SSCMP-CAP (Piscinas Municipais e Paços de Ferreira)
Resultado Final: 7-10

SAD-SCP (Piscinas do Sport Algés e Dafundo)
Resultado Final: 16-8

CFP-CNPO (Piscinas do Clube Fluvial Portuense)
Resultado Final: 17-9

Sábado, 13/03 – Campeonato de Portugal A1 Feminino

SLB-CFP (Piscinas do Sport Algés e Dafundo)
Resultado Final: 17-9

Mais de 10 mil leitores não dispensam o Chlorus.
Fazer jornalismo de Natação tem um custo e por isso
precisamos de si para continuar a trabalhar e fazer melhor.
Torne-se nosso assinante por apenas 12€ por ano e
tenha acesso a todos os conteúdos Premium.



Comentários