Os “10 mandamentos” do programa eleitoral de António José Silva, semiprofissionalizar Direção é prioridade

  •  
  •  
  •  

António José Silva lançou esta quarta-feira, na sua primeira newsletter Portugal a Nadar com Talento, as 10 prioridades do seu programa de recandidatura às eleições na Federação Portuguesa de Natação, agendadas para o mês de outubro, entre as quais consta, como exemplo, a “semiprofissionalização da Direção da FPN, dos eventos e das organizações desportivas”.

As 10 prioridades no ciclo 2020-2024:

1. Assumir a natação em Portugal como a atividade desportiva com os maiores valores de prática sistemática a nível nacional, para a meta dos 150.000 Praticantes, e pela institucionalização, nos diferentes níveis de intervenção política, da competência aquática como conteúdo curricular obrigatório na rede escolar do 1º ciclo do ensino básico, nos subsistemas público e privado;

2. Garantir as condições para a implementação de programas de prática generalizada da natação, ao longo da vida, com projetos de desenvolvimento desportivo (local, regional, interterritorial, nacional);

3. Reestruturar a matriz técnica de suporte aos programas de atividade, visando o aumento da competitividade, internacionalização e grau de exigência das competições em todas as disciplinas desportivas;

4. Aprofundar a estratégia de promoção dos talentos desportivos, quer com a reformulação dos planos de desenvolvimento da carreira, quer pela reestruturação, para cada disciplina desportiva, da estratégia de implementação dos centros de formação e treino pontuais e regulares, desde a formação até ao alto rendimento desportivo;

5. Continuar a estratégia definida no âmbito do plano nacional de formação, em convergência com associações territoriais e expetativas dos formandos, investindo nos recursos humanos e formação de dirigentes desportivos;

6. Continuar com o processo de aproximação dos resultados das disciplinas da natação portuguesa à elite mundial, procurando: a participação assídua em provas internacionais, reforçando o apuramento para os grandes campeonatos continentais no polo aquático e natação artística; A obtenção de lugares de pódio na natação adaptada; a consolidação dos lugares de final europeia e mundial e obtenção de medalhas nas grandes competições internacionais nas disciplinas de natação pura e de águas abertas;

7. Instituir uma cultura de exigência, transparência e confiança nos agentes desportivos, orientada para a excelência competitiva, estabelecendo metas, objetivos, padrões e condições para o resultado desportivo internacional e sistema de preparação desportiva;

8. Criar condições de organização estrutural e funcional da FPN para que a atividade seja sustentável e consiga gerar recursos próprios para investimento na atividade desportiva da FPN, independentemente dos contratos programa com a tutela, pela: reorganização estrutural e funcional da FPN, desmaterializada; reorganização funcional FPN, racionalizando os recursos existentes, direcionando-os para os programas de atividade com uma constante e efetiva monitorização da sua eficácia e eficiência em prol do alcance dos objetivos propostos; semiprofissionalização da direção da FPN, dos eventos e das organizações desportivas; Promoção, Comunicação e Marketing, focando a atenção nos principais agentes da modalidade, mediante uma política baseada em campanhas e eventos destinados a targets específicos, aumentando a capacidade de captar receitas próprias da Federação;

9. Promover e desenvolver as relações públicas/privadas governamentais e não-governamentais, centrais ou regionais/locais privilegiadas que possibilitem a concretização da missão e finalidades da FPN;

10. Promover uma política de cooperação nacional com restantes organizações desportivas com utilidade pública desportiva, reforçando o reconhecimento da importância educativa, social e económica do desporto em termos globais e da natação em termos específicos.

Mais de 10 mil leitores não dispensam o Chlorus.
Fazer jornalismo de Natação tem um custo e por isso
precisamos de si para continuar a trabalhar e fazer melhor.
Torne-se nosso assinante por apenas 12€ por ano e
tenha acesso a todos os conteúdos Premium.



Comentários