O que (te) toca… Teresa Veloso

  •  
  •  
  •  

A música faz parte do meu dia a dia. Quando entro no carro, a primeira coisa que faço é ligar o rádio, é um vazio que fica se não o fizer.

Não tenho nenhuma playlist própria, ouço músicas do momento/música comercial. Apenas quando me sinto mais nostálgica, gosto de ouvir músicas mais antigas.

 

São duas músicas com uma batida muito forte. Dão-nos motivação para continuarmos a dar mais luta ao que gostamos de fazer (como em provas, nos treinos e até mesmo no ginásio).

Como diz Kanye West, “Work it, make it, do it
Make us harder, better, faster, stronger”, e ainda Fort Minor dizem, “It’s just ten percent luck
Twenty percent skill
Fifteen percent concentrated power of will
Five percent pleasure
Fifty percent pain
And a hundred percent reason to remember the name”

Por vezes temos consciência que os nossos pais têm muita influência nesta vida de desportista. São eles que mais nos apoiam e nos motivam, quando estamos mais em baixo. Como diz a música, “One day my father, he told me:
“Son, don’t let it slip away””

Para nunca desistirmos do que realmente queremos, não devemos baixar a cabeça nos momentos mais importantes. Como o próprio título diz, “don’t look down”

“When you’ve been fighting for it all your life”

You’ve been struggling to make things right
That’s how a superhero learns to fly
Every day, every hour
Turn the pain into power”. Quando lutamos pelos nossos objetivos, a dedicação e o esforço tornam-nos mais fortes.

 

Estas três músicas são músicas que ouço para ficar mais descontraída, sem pressão. Musicas que ficam logo na cabeça, que me transmitem boa disposição.

Uma banda antiga, mas que sempre ouvi quando era mais nova. Todas as suas músicas têm uma batida muito contagiante. Fazem-me lembrar os meus tempos de infância, e isso deixa-me feliz.

Por último, uma música que me vai ficar sempre na memória. Por mostrar que Portugal tem realmente talento.

Mais de 10 mil leitores não dispensam o Chlorus.
Fazer jornalismo de Natação tem um custo e por isso
precisamos de si para continuar a trabalhar e fazer melhor.
Torne-se nosso assinante por apenas 12€ por ano e
tenha acesso a todos os conteúdos Premium.



Comentários