Nicholas Santos, o quarentão que pode chegar aos Jogos. E portugueses?

  •  
  •  
  •  

Nicholas Santos tem sido o nome mais falado nos últimos tempos na natação mundial. Na recente prova da Liga Internacional de Natação, em Budapeste, o nadador brasileiro, de 40 anos, com o tempo de 21,80, ficou a cinco centésimos de bater o seu próprio recorde mundial dos 50 mariposa em piscina curta.

A possibilidade de garantir a participação nos Jogos Olímpicos do próximo ano, em Tóquio, ganha cada vez mais forma e consequentemente a entrada num grupo de restrito de quarentões em olimpíadas: William Henry (41 anos), Bartholomeus Roodenburch (42 anos) e Dara Torres (41 anos).

Caso tenha sucesso na seletiva olímpica do Brasil em abril do próximo ano, Nicholas Santos terá 41 anos – faz em fevereiro – em Tóquio-2021 e passará a ser o nadador mais velho brasileiro a competir nos Jogos Olímpicos.

Nicholas Santos, que tentará buscar o “passaporte” para o Japão nas provas de 50 e 100 livres e 100 mariposa, é orientado, na parte nutricional, desde 2010, pela luso-brasileira Marcella Amar.

E Portugal já teve algum nadador acima dos 40 anos nos Jogos Olímpicos? Não, mas teve alguns trintões na natação e polo aquático.

Armando Moutinho, com 37 anos, fez parte da seleção de polo aquático nos Jogos de Helsínquia, em 1952. Na mesma competição, Rodrigo Bessone Basto Júnior alinhou com 33 anos e Óscar Cabral com 30 anos.

O nadador português mais velho que participou em Jogos Olímpicos foi Simão Morgado, com 33 anos, quando esteve em Londres-2012. Detém inclusive o maior número de presenças olímpicas (Sydney-2000, Atenas-2004, Pequim-2008 e Londres-2012).

Caso Diogo Carvalho consiga os mínimos para Tóquio, terá também 33 anos e igualará o “poker” de Simão Morgado.

Créditos da foto: Nicholas Santos Facebook

Mais de 10 mil leitores não dispensam o Chlorus.
Fazer jornalismo de Natação tem um custo e por isso
precisamos de si para continuar a trabalhar e fazer melhor.
Torne-se nosso assinante por apenas 12€ por ano e
tenha acesso a todos os conteúdos Premium.



Comentários