Nadadores de alto rendimento regressam ao Jamor, segue-se Rio Maior

  •  
  •  
  •  

Os nadadores portugueses de alto rendimento voltaram esta terça-feira ao Centro de Alto Rendimento (CAR) de Natação do Jamor, em Oeiras, depois do encerramento das instalações, em 14 de março, devido à pandemia de covid-19.

Alexis Santos, Miguel Nascimento, João Vital e Victoria Kaminskaya, que integram o projeto olímpico para Tóquio-2020, são os atletas que vão utilizar esta infraestrutura.

Deste quarteto, apenas Alexis Santos, nos 200 estilos, já alcançou mínimos para os Jogos Olímpicos, a disputar entre 23 de julho e 08 de agosto de 2021.

De forma a minimizar os riscos de utilização das instalações, apenas vai ser utilizada a piscina de 50 metros do CAR e somente por estes atletas.

O exercício de desfasamento de horários de utilização da instalação levou à criação de sete períodos, com um máximo de 16 nadadores em cada, permitindo o treino a 112 atletas por dia.

Esta organização prevê a divisão em dois grupos de oito, seguindo um desfasamento de meia hora, enquanto uns aquecem numa das duas zonas secas (uma de cada lado da piscina), recomendando um afastamento de quatro metros entre atletas, outros usam pistas separadas, deixando livres as cinco e seis (as duas do meio), sendo permitida a presença de dois treinadores em cada área.

Recorde-se que, segundo o manual de procedimentos da Federação Portuguesa de Natação recentemente divulgado, o tempo de permanência nas instalações deve ser reduzido, assim como é proibida a utilização de chuveiros, balneários e da partilha de equipamentos.

A piscina de Rio Maior também abriu esta terça-feira para os atletas de alto rendimento (Mafalda Rosa e Tiago Campos), sendo que os nadadores residentes no CAR reiniciam a sua atividade no início da próxima semana.

Atualizado às 11h34 de 13 de maio de 2020

Mais de 10 mil leitores não dispensam o Chlorus.
Fazer jornalismo de Natação tem um custo e por isso
precisamos de si para continuar a trabalhar e fazer melhor.
Torne-se nosso assinante por apenas 12€ por ano e
tenha acesso a todos os conteúdos Premium.



Comentários