Nadadora com esclerose múltipla completa travessia Estreito Gibraltar

  •  
  •  
  •  

María Cristina Osorio Malcampo, nadadora de 40 anos, que sofre de esclerose múltipla, tornou-se a primeira mulher com esta doença, a completar a travessia do Estreiro de Gibraltar.

A nadadora foi acompanhada pelo seu médico, e por familiar próximo, de forma a garantir a segurança, durante toda a travessia.
A nadadora completou os 19.5km, no tempo quatro horas e quarenta e nove minutos. Partiram da Isla de Tarifa, em Cádiz, e acabou em Punta Remel, Marrocos.
Créditos da imagem: Asociación de Cruce a Nado del Estrecho de Gibraltar (ACNEG)

Mais de 10 mil leitores não dispensam o Chlorus.
Fazer jornalismo de Natação tem um custo e por isso
precisamos de si para continuar a trabalhar e fazer melhor.
Torne-se nosso assinante por apenas 12€ por ano e
tenha acesso a todos os conteúdos Premium.



Comentários