Município de Portimão distingue Filipe Santos com medalha de honra

2
  •  
  •  
  •  

A Câmara Municipal de Portimão distinguiu esta sexta-feira o nadador Filipe Santos com a medalha de honra Cidade Europeia do Desporto 2019 (CED), na sequência do recorde do mundo, europeu e nacional alcançado na prova dos 25 metros mariposa Classe SM21-SDown do Campeonato Nacional de Inverno de natação adaptada.

O atleta somou nas Piscinas Municipais da Guarda mais um importante triunfo ao seu palmarés, que inclui dezenas de títulos mundiais, europeus e nacionais, tendo batido um máximo mundial com mais de 10 anos, facto destacado pela presidente da Câmara de Portimão, Isilda Gomes, para quem se trata de um momento “de grande orgulho, porque é uma bênção ter um nadador com uma prestação deste nível, e logo no ano da CED.”

“O Filipe é um desportista de eleição, para além de um ser humano extraordinário, que devemos acarinhar e incentivar, para que continue a ter bons resultados”, sublinhou a autarca.

“Ele está no nosso coração e já faz parte da história coletiva do desporto local, uma vez que leva o nome do município bem longe”, destacou Isilda Gomes, antes de realçar o trabalho desenvolvido pelo clube O2 Portimão, representado na cerimónia pelo presidente da direção, João Nascimento, e pelo treinador Paulo Sousa, igualmente homenageados.

O técnico, que treina Filipe Santos desde 2005, revelou que o próximo desafio será o Campeonato da Europa de piscina longa, a decorrer de 12 a 22 de setembro na ilha italiana da Sardenha, no qual o nadador participará nos 50 metros mariposa e nos 50 metros costas.

“Durante o mês de agosto iremos treinar na piscina longa de Loulé, para que o atleta se habitue a esta distância. Para um desempenho ao mais alto nível, exige-se uma boa preparação física, muita concentração e a afinação de um ou outro detalhe técnico, sendo necessária uma gestão rigorosa, que só depende do Filipe, para que nos traga mais alegrias”, assinalou Paulo Sousa.

Créditos da foto: CM Portimão

Mais de 10 mil leitores não dispensam o Chlorus.
Fazer jornalismo de Natação tem um custo e por isso
precisamos de si para continuar a trabalhar e fazer melhor.
Torne-se nosso assinante por apenas 12€ por ano e
tenha acesso a todos os conteúdos Premium.



Comentários