Morreu John Konrads, campeão olímpico em Roma-1960

10
  •  
  •  
  •  

O antigo nadador australiano John Konrads, que estabeleceu 26 recordes mundiais e foi campeão olímpico dos 1.500 livres nos Jogos Olímpicos Roma-1960, morreu esta segunda-feira, aos 78 anos, anunciou a federação de natação do seu país.

O presidente do organismo, o antigo nadador e campeão olímpico Kieren Perkins, descreveu Konrads como “uma figura inspiradora no desporto”.

“A história de John é bastante surpreendente. É uma história de resiliência e perseverança. Nos anos 50 e 60, dominou a natação australiana e alcançou jeitos sensacionais nas provas de estilo livre e grandes distâncias”, disse.

Aos 14 anos, Konrads foi reserva da equipa olímpica de natação australiana nos Jogos Olímpicos Melbourne1956, e quatro anos depois, em Roma, conquistou uma medalha de ouro e duas de bronze.

Nascido em Riga, na Letónia, em 21 de maio de 1942, Konrads emigrou jovem para a Austrália, depois de ter vivido na Alemanha até 1949.

Konrads começou a nadar por influência do pai para recuperar da poliomielite, uma doença infantil, juntamente com a sua irmã Ilsa.

Depois de deixar a competição, continuou envolvido no movimento olímpico, tendo contribuído de forma importante para o sucesso da candidatura australiana aos Jogos Olímpicos Sydney-2000.

Mais de 10 mil leitores não dispensam o Chlorus.
Fazer jornalismo de Natação tem um custo e por isso
precisamos de si para continuar a trabalhar e fazer melhor.
Torne-se nosso assinante por apenas 12€ por ano e
tenha acesso a todos os conteúdos Premium.



Comentários