MIUS: José Paulo Lopes e Angélica André vencedores da prova de 10km

  •  
  •  
  •  

Os olímpicos José Paulo Lopes (Sp. Braga) e Angélica André (Fluvial Portuense) venceram, este domingo, a prova de 10km do Madeira Island Ultra Swim (MIUS), entre Câmara de Lobos e o Cais do Funchal, num dia em que as condições do mar apresentaram-se mais adversas devido à ondulação.

Em masculinos, José Paulo Lopes concluiu a distância em 2h01m10, destacado de Rafael Quintanilla (C.N. Sant Feliu) com 2h12m47s e de Nikko Price (Individual) com 2h33m36s.

Nota para o quinto lugar do olímpico Miguel Arrobas (Associação dos Estoris) – sexto na geral –, embaixador do evento, que nadou os 10km em 2h39m33s.

Em femininos, Angélica André garantiu o triunfo com 2h06m13s, deixando um enorme fosso para as duas nadadoras que se seguiram: Carolina Peixoto (Associação de Natação do Minho) com 02h48m11s e Maria Fernandes (Individual) com 02h51m22s.

Terminaram a prova 25 atletas.

O evento, sob organização da Associação de Natação da Madeira, contou, nas cinco distâncias, com a participação de 385 atletas de 16 diferentes países.

Declarações:

José Paulo Lopes (vencedor dos 10km): “Foi uma boa prova, o mar não estava nas condições esperadas. Temperatura boa, mas a ondulação estava um pouco forte, mas correu bem. A organização é boa. Quero agradecer à Associação de Natação da Madeira e espero estar cá no próximo ano”.

Angélica André (vencedora dos 10km): “Estou a preparar-me para o que aí vem. Nadar nestas condições de mar que foram mais difíceis hoje também nos prepara para certos tipos de nado. É sempre bom nadar na Madeira”.

Avelino Silva (Presidente da Associação de Natação da Madeira): “Faço sem dúvida um balanço positivo. As pessoas estão satisfeitas com esta segunda edição. Estão criadas as condições para este evento crescer e esperamos, daqui a três ou quatro anos, ter dois mil a três mil participantes. Queremos subir gradualmente e ganhar experiência a cada edição, de forma a passarmos para outro patamar. São magníficas as condições que dispomos na Madeira, ao mesmo tempo que promovemos o turismo desportivo”.  

Mais de 10 mil leitores não dispensam o Chlorus.
Fazer jornalismo de Natação tem um custo e por isso
precisamos de si para continuar a trabalhar e fazer melhor.
Torne-se nosso assinante por apenas 10€ por ano e
tenha acesso a todos os conteúdos Premium.



Comentários