José Manuel Borges é o novo treinador do FC Porto

  •  
  •  
  •  

José Manuel Borges é o novo treinador de natação do FC Porto, sucedendo no cargo a José Silva, anunciou esta terça-feira o clube azul e branco.

O acordo, válido até 2020, foi assinado com a presença do presidente Jorge Nuno Pinto da Costa, o administrador da SAD Fernando Gomes e o diretor da secção Luís Fernandes.

Depois de ter orientado o Sporting de Braga, Vila Verde, CNAc e de ter sido selecionador e diretor-técnico nacional da Federação Portuguesa de Natação até 2014, Borges regressa ao cais da piscina ao clube onde foi nadador entre 1972 e 1980 e coordenador das escolas de natação em 1987/88.

Em entrevista ao Porto Canal, o treinador olímpico em Atlanta-1996, Atenas-2004 e Londres-2012 afirma que é um privilégio voltar ao FC Porto: “Senti a falta da piscina, do cheiro a cloro, o prazer é redobrado por este regresso ser no clube que eu considero ser a minha segunda casa. Fiz aqui a minha formação como atleta, o meu início de carreira como treinador e é de facto uma honra, um privilégio poder voltar a assumir a responsabilidade de liderar a equipa de natação do FC Porto”.

Para o novo timoneiro, um dos objetivos passa por voltar a ter nadadores nos Jogos Olímpicos: “Continuar um caminho com uma tradição muito grande no FC Porto, com treinadores de altíssimo nível que me antecederam e procurar a voltar a ter atletas na seleção absoluta, a competir por lugares nos Jogos Olímpicos. O desafio carece de algum tempo porque o resto penso que temos tudo, uma equipa com uma dinâmica excelente, condições de trabalho ótimas e uma estrutura fantástica”.

José Manuel Borges, de 55 anos, aponta a reconquista do título feminino e chegar o mais longe no masculino como “um patamar a atingir”.

“Sabemos que chegaremos lá garantidamente, com tempo, trabalho e empenho de todos nós”, referiu, lembrando que atualmente a equipa passa por uma “fase de renovação”.

Ainda ao canal do clube, o dirigente Luís Fernandes fez rasgados elogios ao anterior técnico José Silva, que saiu por mútuo acordo, mas que era altura de mudar de estilo: “O José Manuel Borges é um portista conhecido, foi nosso treinador, é nosso amigo há muitos anos e entendemos que era altura de mudar o estilo. O José Alexandre Silva fez um trabalho fantástico e merece todos os elogios possíveis. Ninguém melhor que o José Manuel Borges para continuar com um trabalho fantasticamente feito e que tem uma competência extraordinária e, portanto, é a pessoa certa para continuar este trabalho na senda dos êxitos do FC Porto”.

Até final da presente época, a equipa principal seguirá os planos de treino de José Alexandre Silva, sendo a preparação orientada pelos seus treinadores-adjuntos Paulo Nascimento e André Cereja.

José Manuel Borges iniciará funções na época 2018/19.

Reportagem no Porto Canal:

Créditos da foto: Secção de natação do FC Porto Facebook

Mais de 10 mil leitores não dispensam o Chlorus.
Fazer jornalismo de Natação tem um custo e por isso
precisamos de si para continuar a trabalhar e fazer melhor.
Torne-se nosso assinante por apenas 12€ por ano e
tenha acesso a todos os conteúdos Premium.



Comentários