FPN elimina provas de estafetas, torneio em vez de campeonato nacional

  •  
  •  
  •  

A eliminação das provas de estafetas no Campeonato Nacional Master de Inverno – que passa a denominar-se Torneio Master –, agendado para os dias 30 e 31 de janeiro, em Torres Novas, é uma das alterações que a Federação Portuguesa de Natação decidiu introduzir, face ao quadro das atuais restrições inerentes ao Estado de Emergência, conforme circular esta segunda feira publicada, considerando que “não estão reunidas as condições para a realização de um evento com as características de um Campeonato Nacional”.

A FPN manteve o limite de inscrição em quatro provas, mas restringiu a uma prova por sessão; a prova não pontuará para o Circuito Especialista Master nem para a Taça Master, não serão elaboradas classificações coletivas nem atribuídos títulos coletivos, bem como não serão atribuídos títulos de campeão nacional.

Estas alterações assentam num “modelo de competição com maiores probabilidades de ser aprovado pelas entidades sanitárias”, refere a FPN.

O organismo lembra ainda que “uma parte significativa dos nadadores masters estão enquadrados como populações de risco pela DGS” e que uma “grande parte das piscinas têm o acesso condicionado, quer por redução de horários quer pela aplicação das restrições às populações de risco, não permitindo a prática regular e equitativa dos treinos a todos os nadadores filiados”.

Mais de 10 mil leitores não dispensam o Chlorus.
Fazer jornalismo de Natação tem um custo e por isso
precisamos de si para continuar a trabalhar e fazer melhor.
Torne-se nosso assinante por apenas 12€ por ano e
tenha acesso a todos os conteúdos Premium.



Comentários