Famílias dos praticantes de natação podem ser aconselhadas por unidade de apoio do COP

  •  
  •  
  •  

O Comité Olímpico de Portugal (COP) criou a Unidade de Apoio às Famílias, que pretende prestar serviços de aconselhamento nas áreas técnico-desportivas, médicas, psicológicas, dietéticas, escolares e jurídicas, anunciou esta quarta-feira o COP.

Segundo o COP, “esta unidade está prioritariamente destinada a famílias de jovens atletas, mas aberta a qualquer família de qualquer praticante desportivo que integre projetos sob a responsabilidade do COP”.

Ainda segundo o Comité Olímpico, “a unidade surge na sequência dos projetos já em desenvolvimento pelo COP, nomeadamente as ações de sensibilização e formação previstas no âmbito do Departamento de Missões e Preparação Olímpica, sendo um reforço e continuidade da linha institucional deste trabalho”.

No início de 2019, o Encontro Nacional de Esperanças Olímpicas deu o arranque a iniciativas com os pais dos atletas integrados no Projeto de Esperanças Olímpicas, tendo sido destacado por todos os intervenientes a importância do papel das famílias na estabilidade formativa dos atletas e a necessidade de as elevar a parceiros do processo desportivo, aproximando-as das organizações desportivas e envolvendo-as em todo o trabalho da formação desportiva.

A Unidade de Apoio às Famílias, agora criada, irá disponibilizar meios de apoio e de informação às eventuais necessidades dos pais e encarregados de educação em complemento às valências já disponibilizadas por federações, associações ou clubes.

Créditos da foto: COP

Mais de 10 mil leitores não dispensam o Chlorus.
Fazer jornalismo de Natação tem um custo e por isso
precisamos de si para continuar a trabalhar e fazer melhor.
Torne-se nosso assinante por apenas 12€ por ano e
tenha acesso a todos os conteúdos Premium.



Comentários