Eleições para FPN e Associações Territoriais só em 2021

  •  
  •  
  •  

Por força do adiamento dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos para 2021, as eleições para a Federação Portuguesa de Natação e Associações Territoriais, previstas para 2020, só vão realizar-se no próximo ano, atendendo a que os mandatos estão associados aos ciclos olímpicos.

O Governo aprovou esta quinta-feira a prorrogação dos mandatos dos titulares dos órgãos das federações, bem como das associações territoriais, de forma a garantir a estabilidade nas respetivas instituições, assim como a aplicação do regime duodecimal previsto no regime jurídico dos contratos-programa de desenvolvimento desportivo.

O regime jurídico das federações desportivas e as condições de atribuição do estatuto de utilidade pública desportiva prevê que o “mandato dos titulares dos órgãos das federações desportivas, bem como das associações territoriais de clubes nelas filiadas é de quatro anos, em regra coincidente com o ciclo olímpico”, sendo que, neste caso, será de cinco.

Em comunicado, o Governo dá conta ainda do “regime excecional que, entre outras medidas, vem prorrogar até 31 de dezembro de 2021 o estatuto de utilidade pública desportiva das federações desportivas, definindo regras específicas para a sua renovação, em linha com as decisões adoptadas pelo Comité Olímpico Internacional e pelo Comité Paralímpico Internacional”.

“Pode ler-se ainda no diploma em causa, a propósito da mesma matéria, que a renovação do mencionado estatuto deve ser requerida no decurso do ano de realização dos Jogos Olímpicos de Verão”, conclui.

Mais de 10 mil leitores não dispensam o Chlorus.
Fazer jornalismo de Natação tem um custo e por isso
precisamos de si para continuar a trabalhar e fazer melhor.
Torne-se nosso assinante por apenas 12€ por ano e
tenha acesso a todos os conteúdos Premium.



Comentários