Dueto português garante melhor classificação de sempre no Europeu

  •  
  •  
  •  

As portuguesas Beatriz Gonçalves e Cheila Vieira conseguiram, esta terça-feira, o 14.º lugar no dueto livre dos Europeus de natação artística, em Budapeste, correspondente à melhor classificação de sempre em provas internacionais, mas insuficiente para atingir a final.

As lusas conseguiram 77,2667 pontos, um aumento de quatro pontos em relação aos Europeus de 2018, e acabaram à frente de equipas como a anfitriã Hungria, a República Checa ou a Sérvia.

A qualificação fechou em 78.8000 (12.º lugar) com o dueto de San Marino. A Rússia, com 97.4000 pontos, obteve a melhor classificação das eliminatórias.  

A selecionadora Sylvia Hernández referiu que se trata de “uma vitória triste”, por falhar o acesso à final, acessível aos 12 melhores registos.

“Ainda assim, a boa prestação portuguesa foi reconhecida pelos outros selecionadores e até por alguns juízes. Resta-nos continuar e fazer com que Portugal conquiste o seu espaço junto da elite internacional”, declarou, citada pela Federação Portuguesa de Natação.

Resultados

Créditos da foto: LEN

Mais de 10 mil leitores não dispensam o Chlorus.
Fazer jornalismo de Natação tem um custo e por isso
precisamos de si para continuar a trabalhar e fazer melhor.
Torne-se nosso assinante por apenas 10€ por ano e
tenha acesso a todos os conteúdos Premium.



Comentários