Dois recordes mundiais caem em Berlim

  •  
  •  
  •  

A húngara Katinka Hosszu e a holandesa Ranomi Kromowidjojo estabeleceram, esta segunda-feira, novos recordes mundiais na etapa da Taça do Mundo que decorreu em Berlim.

A “dama de ferro” fixou novo máximo mundial nos 100 estilos com o registo de 56,51, superando o anterior recorde mundial de 56,67 que já lhe pertencia desde o Europeu de 2015.

Por sua vez, Kromowidjojo tornou-se a primeira mulher da história a baixar a barreira dos 23 segundos nos 50 livres. Nadou em 22,93 e quebrou o anterior recorde mundial de 23,10 que estava na posse da sueca Sarah Sjoestroem desde a etapa de Moscovo.

Mais de 10 mil leitores não dispensam o Chlorus.
Fazer jornalismo de Natação tem um custo e por isso
precisamos de si para continuar a trabalhar e fazer melhor.
Torne-se nosso assinante por apenas 12€ por ano e
tenha acesso a todos os conteúdos Premium.



Comentários