Daniel Videira bate recorde e garante mínimos para Tóquio-2020

  •  
  •  
  •  

Daniel Videira bateu este sábado um novo recorde nacional nos 100 costas (1.24,06 m) na sua categoria (S6), marca que lhe garante mínimos para os Jogos paralímpicos Tóquio 2020 no WPS World Series Glasgow 2019.

Em bom plano esteve também, ainda hoje nas eliminatórias da manhã, Marco Meneses ao renovar a marca de mínimos para Tóquio 2020 nos 100 costas (1.12,69) e garantiu lugar na final (S11).

Diogo Cancela superou o recorde nacional da sua categoria (1.14,66) também nos 100 costas. Renata Pinto, com 1.28,10, e Ivo Rocha, com 1.44,29, asseguram lugares nas finais da tarde nas respetivas provas de 100 bruços.

Nas finais, Renata Pinto bateu o recorde nacional na final dos 100 bruços (1.27,39) melhorando a marca que havia obtido nas eliminatórias (1.28,10) a quatro centésimos dos mínimos para o Mundial. Marco Meneses nadou os 100 costas em 1.12,35. Ivo Rocha melhorou a marca da manhã nos 100 bruços com 1.42,94.

Resultados

Mais de 10 mil leitores não dispensam o Chlorus.
Fazer jornalismo de Natação tem um custo e por isso
precisamos de si para continuar a trabalhar e fazer melhor.
Torne-se nosso assinante por apenas 12€ por ano e
tenha acesso a todos os conteúdos Premium.



Comentários