Covid-19: FPN cria fundo de apoio aos clubes no valor de 200 mil euros

  •  
  •  
  •  

A Federação Portuguesa de Natação anunciou esta sexta-feira a criação de um fundo de apoio aos clubes no valor de 200 mil euros, na sequência da pandemia provocada pelo covid-19.

Este fundo concretizar-se-á da seguinte forma: isenção de pagamento dos clubes das taxas e emolumentos de licenciamento de clubes e atletas às AT’s, num valor aproximado de 110.000,00 euros; nenhum clube/atleta pagará estas taxas de licenciamento às associações territoriais que ficaram sob a responsabilidade da FPN; isenção do pagamento das taxas de inscrição nas competições nacionais de NP, AA, NART, NA: 40.000,00 euros; isenção de taxas de participação em duas provas para os atletas da disciplina de master num valor de 10.000,00; isenção em 50% do pagamento das taxas de arbitragem na disciplina de PA, num valor de 40,000,00 euros; territorialmente cada associação coordenará com os clubes filiados o estímulo à atividade desportiva e sustentabilidade económico-financeira decorrente; alteração dos regulamentos da atividade desportiva para 2020/2021, com impacto em cerca de 450 673,33 €, pela redução dos custos com atividade, salvaguardando os critérios desportivos e a sustentabilidade económico-financeira dos diferentes intervenientes, em fase de discussão e a serem divulgados no decorrer de mês de junho 2020.

Mais de 10 mil leitores não dispensam o Chlorus.
Fazer jornalismo de Natação tem um custo e por isso
precisamos de si para continuar a trabalhar e fazer melhor.
Torne-se nosso assinante por apenas 12€ por ano e
tenha acesso a todos os conteúdos Premium.



Comentários