Covid-19: FPN assume desafio de recentrar foco na preparação dos atletas para 2021

2
  •  
  •  
  •  

A Federação Portuguesa de Natação (FPN) qualificou esta segunda-feira, em entrevista à agência Lusa, de “expectáveis” as novas datas para os Jogos Olímpicos Tóquio2020, assumindo agora como maior desafio recentrar o foco na preparação dos atletas para 2021.

“Era o esperado, dentro da janela de um ano que havia. Agora, temos é de focar-nos em manter a forma e reajustar os calendários internacionais e nacionais a esta nova realidade”, disse à agência Lusa o presidente federativo, António José Silva.

Yoshiro Mori, o presidente da organização japonesa, anunciou hoje que Tóquio2020 vai decorrer entre 23 de julho e 08 de agosto de 2021, praticamente um ano depois das datas previstas, entre 24 de julho e 09 de agosto de 2020, devido aos efeitos da pandemia de covid-19.

“Face ao estado de stress e emotividade que decorre daqui até aos Jogos, já que em vez de ser três meses será um ano e três meses, temos de saber lidar melhor com os atletas, gerir muito bem essa situação”, vincou o dirigente.

António José Silva entende que, “após tirar os nadadores deste confinamento e alarme social, o desafio é recentrá-los no que interessa”, considerando que “não adianta divagar” quanto aos aspetos menos positivos desta situação, pois o importante é “a melhor adequação à realidade”.

A natação tem cinco nadadores apurados, nomeadamente, Alexis Santos, semifinalista no Rio2016, e Gabriel Lopes, nos 200 metros estilos, Tamila Holub e Diana Durães, nos 1.500 livres, e Ana Catarina Monteiro, nos 200 mariposa.

“Acreditamos que esta equipa pode ser alargada na natação pura, com o dueto da natação artística e nas águas abertas, em que temos francas hipóteses de ter pelo menos um qualificado”, concluiu.

Mais de 10 mil leitores não dispensam o Chlorus.
Fazer jornalismo de Natação tem um custo e por isso
precisamos de si para continuar a trabalhar e fazer melhor.
Torne-se nosso assinante por apenas 12€ por ano e
tenha acesso a todos os conteúdos Premium.



Comentários