Columbófila Cantanhedense apresenta-se para a nova época que será “difícil e exigente”

  •  
  •  
  •  

A Columbófila Cantanhedense apresentou-se para a nova temporada, cuja cerimónia decorreu na sede da Caixa de Crédito Agrícola Mútuo de Cantanhede e Mira e premiou os melhores da época passada.

João Lucas conquistou o Troféu Assiduidade no escalão de cadetes e na categoria que reúne os escalões de infantis, juvenis, juniores e seniores o Troféu Assiduidade Absoluto, foi para Beatriz Marques e Vítor Oliveira.

Marisa Nobre conquistou o Troféu Recordes Pessoais com 54 recordes, seguido em segundo lugar por Guilherme Cardoso com 48 e Diana Tinoco com 42.

O Troféu Evolução coube igualmente a Marisa Nobre, com 2580 pontos, seguida por Vítor Oliveira com 2400 e Guilherme Cardoso que totalizou 2200 pontos.

O Troféu Super Prémio foi conquistado por Vítor Oliveira com 8 pontos, seguido por Guilherme Cardoso com 9 e Marisa Nobre com 12 pontos.

O Troféu Atleta do Ano coube a Diogo José que alcançou dois títulos de Campeão Nacional, um de Vice-Campeão, um terceiro lugar, 3 recordes regionais, 3 internacionalizações, conquistando ainda o 6.º lugar no Campeonato da Europa de Juniores de Águas Abertas e 10º no Campeonato Mundial de Juniores da mesma disciplina, sendo igualmente distinguido, juntamente com os nadadores João Diz, Sara Alves e Vitor Oliveira, com o galardão Pódios Nacionais.

Vítor Oliveira, Sara Alves, Diogo Coelho e Diogo Marques receberam a distinção que premiou as internacionalizações.

A Secção de Natação atribuiu o galardão Parceiro do Ano, distinguindo na última época desportiva, à União de Freguesias de Cantanhede e Pocariça.

Vasco Sousa, em representação da Federação Portuguesa de Natação, entregou, por último, os prémios por objetivos, que comtemplou monetariamente os nadadores internacionais Diogo Marques, pela sua participação na competição Madeira Swimming Marathon 2017, que se realizou na cidade do Funchal na Ilha da Madeira; Sara Alves que participou na competição Meeting Internacional de Flanders 2018, realizado na Bélgica, na Madeira Swimming Marathon 2017, e no Open de Espanha que decorreu em Sevilha; Vítor Oliveira, que competiu no Campeonato Europeu de Juniores de Águas Abertas 2018 em Malta e no Open de Espanha que decorreu em Sevilha; por último Diogo José, pela sua participação na competição Madeira Swimming Marathon 2017, que se realizou na cidade do Funchal na Ilha da Madeira, no Open de Espanha que decorreu em Sevilha, no Campeonato Europeu de Juniores de Águas Abertas 2018 em Malta e no campeonato do Mundo de Juniores de Águas Abertas realizado em Eilat, em Israel.

Nota ainda para a abertura de uma sala de estudo onde os nadadores poderão efetuar diariamente os seus trabalhos escolares antes dos treinos.

O técnico principal Ricardo Antunes perspetiva a nova temporada como “muito difícil e exigente para todos os nadadores”, sensibilizando-os para cada um, “dar o seu melhor, para que seja possível alcançar no final os resultados esperados”.

O responsável técnico destacou os resultados obtidos pelos vários atletas na última época, “nomeadamente a presença de 4 nadadores nas seleções nacionais da Federação Portuguesa de Natação, num total de 10 internacionalizações, 6 títulos de campeão nacional, a conquista de 16 medalhas em campeonatos nacionais, a conquista do Torneio Nacional de Fundo, no escalão de infantis A feminino, bem como outros resultados de relevo conquistados em torneios zonais e regionais”.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Mais de 10 mil leitores não dispensam o Chlorus.
Fazer jornalismo de Natação tem um custo e por isso
precisamos de si para continuar a trabalhar e fazer melhor.
Torne-se nosso assinante por apenas 12€ por ano e
tenha acesso a todos os conteúdos Premium.



Comentários