Clube Natação Rio Maior estagia em Font-Romeu

  •  
  •  
  •  
A equipa do CN Rio Maior encontra-se em estágio de altitude desde o dia 11 ao dia 28 de janeiro, em Font-Romeu.
Estão presentes neste estágio os nadadores Mafalda Rosa, Cátia Agostinho, Beatriz Carvalho, Gonçalo Bárbara e Tiago Campos. A acompanhar a equipa está o técnico Nuno Ricardo, acompanhado pelo triatleta José Cabeça.
Fomos saber quais as razões e objetivos para a escolha deste local para o estágio.
“Em primeiro lugar, há necessidade de compreender um pouco mais além dos estudos que são publicados, e para isso, só mesmo treinando em altitude. Por muito que se estude, é necessário realizar vários estágios, com recolha de dados permanentes. Deste modo, será possível potenciar os benefícios deste tipo de trabalho.”, disse Nuno Ricardo.
O Nuno é um apologista, e adepto, deste tipo de treino. Como se sabe, o trabalho desenvolvido em altitude, já trouxe resultados recentes, com a medalha de prata nos Jogos Olímpicos da Juventude, obtida pelo triatleta Alexandre Montez, treinado pelo Nuno Ricardo, em Rio Maior.
“Sou um treinador apologista deste tipo de estágios como ferramenta essencial para estar ao mais alto nível desportivo”, acrescenta Nuno Ricardo.
“A escolha deste centro de Font-Romeu prendeu-se com o facto de, desde logo já ter criado aqui um ciclo de pessoas que nos recebem muito bem, segundo a altitude de 1.888m para um primeiro estágio destes jovens, parece-me suficiente, e em terceiro, se tivermos em vista o próximo ciclo olímpico 2024, e sendo Paris o local eleito para a realização dos Jogos Olímpicos então há que começar a trabalhar para isso. Quem quiser estar em 2024 em Paris, tem de estar já nesse plano devidamente estruturado.”, refere Nuno Ricardo.
“Sabemos que muita coisa pode acontecer até lá, mas essa mentalidade não nos favorece. Estamos sempre à espera de um grande resultado para fazer a aposta. Por aqui, temos oportunidade de ver os juvenis franceses/italianos/espanhóis, já a preparar as próximas gerações. É importante refletir sobre isso”, reafirma Nuno Ricardo.
Este estágio tem objetivos diferentes em termos de competições para os nadadores presentes.
“Para o Tiago Campos, terá a Taça do Mundo em Doha, como qualificação para o Campeonato do Mundo. A Mafalda e a Cátia, fazem trabalho de base para os nacionais de piscina, pelo meio terão os Meetings da Póvoa e Lisboa, e o Campeonato Nacional de Longa Distância. O Gonçalo está no segundo ano de trabalho comigo, tem vindo a progredir o seu volume de treino e neste momento já está integrado no grupo de treino.  A Beatriz Carvalho esteve a recuperar de uma paragem grande (tendinite no polegar/pulso), e aqui procura rapidamente voltar ás rotinas de treino e g<nhar algum balanço para continuar a época.”, refere Nuno Ricardo.
Créditos da imagem: Nuno Ricardo – treinador Clube Natação Rio Maior

Mais de 10 mil leitores não dispensam o Chlorus.
Fazer jornalismo de Natação tem um custo e por isso
precisamos de si para continuar a trabalhar e fazer melhor.
Torne-se nosso assinante por apenas 12€ por ano e
tenha acesso a todos os conteúdos Premium.



Comentários