Centenário de nascimento de Joaquim Batista Pereira (Gineto) Soeiro Pereira Gomes

  •  
  •  
  •  

Joaquim Batista Pereira nasceu na vila ribatejana de Alhandra, a 7 de março de 1921. Teria sido no Tejo, ao largo, ou na bateira junto à costa, a um cais, ou no remanso de um dos esteiros. Filho de Júlio Pereira e de Adelaide Batista. Um dia antes nascia o Partido Comunista Português.

A vida deste rapaz, carecido de tudo, menos sonhar, transmitida magistralmente por um artista da literatura de ficção: Soeiro Pereira Gomes.

Deixou a natação pura, com o aparecimento dos nadadores do Sport Algés e Dafundo, Fernando Madeira, Eurico Perdição, Eduardo Barbeiro e muitos outros guiados pelo treinador Hermano Patroni, que pulverizaram recordes de piscina, desde o hidrómetro até aos 1500 e em provas de rio e mar.

Deixada a natação pura, a força e a sua paixão pela modalidade levaram-no às maiores façanhas do rio e mar e a grande paixão pela modalidade levaram-no às maiores travessias de mar, que culminaram com a vitória da Travessia do Canal da Mancha. Assim como os recordes, por duas vezes do Estreito de Gibraltar, em outubro de 1953 e em setembro 1956. Em 18 setembro de 1959, estabeleceu novo recorde europeu de distância e permanência na água, 206 km em 28 horas e 43 minutos (percurso no rio Tejo entre: Vala da Azambuja, Santa Iria, Casabranca, Monchão da Póvoa, Casa Branca e Alhandra.

Passou a ser, e pela primeira vez na história do desporto português, um atleta com notícias em jornais e revistas a nível internacional, tendo sido, em virtude dos seus grandes feitos, galardoado com a Medalha de Mérito Desportivo Nacional que lhe foi entregue pelo Presidente da República, General Craveiro Lopes.

Casado com Maria Antónia de Castro Melo Pereira, sua companheira de toda a vida. Dessa união nasceram três filhos: Lucília Castro Batista Pereira, Natércia Carmo de Castro Batista Pereira e Tito Alexandre de Castro Batista Pereira.

Faleceu em Alhandra a 22 de junho de 1984 na sua casa. Esta foi construída com ajuda do Povo mesmo defronte do Rio Tejo.

Uma efeméride que deveria ser lembrada pelos nossos responsáveis pelo nosso Desporto e autarquia local.

Mais de 10 mil leitores não dispensam o Chlorus.
Fazer jornalismo de Natação tem um custo e por isso
precisamos de si para continuar a trabalhar e fazer melhor.
Torne-se nosso assinante por apenas 12€ por ano e
tenha acesso a todos os conteúdos Premium.



Comentários