Ana Rodrigues: “Uma das épocas mais frustrantes e recompensadoras da minha carreira”

  •  
  •  
  •  

Ana Rodrigues (AD Sanjoanense) fez esta semana, nas redes sociais, um balanço da temporada, considerado que foi “uma das épocas mais frustrantes e recompensadoras” da sua carreira.

Leia na íntegra o texto publicado por Ana Rodrigues:

“Terminou no domingo uma das épocas mais frustrantes e recompensadoras da minha carreira, precisei de algum tempo para fazer uma retrospetiva…

Começou melhor que nunca, com um campeonato de piscina curta indescritível, onde atingi todos os objetivos a que me propus!

Com o início de 2019 e do segundo semestre do mestrado, comecei a achar que seria impossível conciliar a faculdade com a Natação, no entanto, não quis abdicar de nenhuma.

Agora que olho para trás, sinto que estive 4 meses em piloto automático, sorri muitas vezes quando me apetecia chorar, treinei muitas vezes a pensar que deveria estar a estudar e estudei muitas vezes a pensar que deveria estar a treinar… Não tenho problemas nenhuns em admitir, custou muito!!

Foi frustrante porque sei que trabalhei para melhores marcas. Posso parecer exigente, mas sinto que ainda há muito para alcançar e confio que mais tarde ou mais cedo, vai sair como é suposto sair.

No final, não deixou de ser recompensadora.

Voltei a representar a o meu país, nas Universíadas, já tinha saudades.

Percebi que alcancei este fim de semana o 54° título individual de Campeã Nacional absoluta… wow.

Bati recordes Nacionais que sempre ambicionei.

Sinto-me orgulhosa e grata de continuar a fazer parte deste mundo!! 🏊🏼‍♀️

Obrigada àqueles que estão sempre comigo, desde os que me enviam mensagens de força e me passam o vosso carinho, até aos que confiam em mim incondicionalmente e que me fazem acreditar que tudo é possível! ❤

Ao meu namorado e à minha mãe, por não me deixarem cair. Ao meu treinador, Luís, por continuarmos a fazer história.

À minha família, amigos, colegas de equipa e pais, que fazem esta aventura ser melhor.

À Câmara Municipal de SJM.

Ao Jaime Milheiro e ao Vítor Soares por cuidarem de mim e me ajudarem na minha preparação e à Renata, por me aturar nas competições e ter sempre a palavra certa.

Agora chegou a altura de descansar a máquina, de repor energia. A próxima época vai ser fantástica!”

Mais de 10 mil leitores não dispensam o Chlorus.
Fazer jornalismo de Natação tem um custo e por isso
precisamos de si para continuar a trabalhar e fazer melhor.
Torne-se nosso assinante por apenas 12€ por ano e
tenha acesso a todos os conteúdos Premium.



Comentários