Ana Marcela Cunha: “A Madeira é um dos lugares mais bonitos onde já nadei”

  •  
  •  
  •  

A brasileira Ana Marcela Cunha, que venceu este sábado os 10km do Madeira Island Ultra Swim (MIUS), afirmou, após cortar a linha de meta, que fez “uma boa prova e foi um bom resultado”, admitindo que, apesar do favoritismo que recaia sobre si, “tinha “uma estratégia definida para ganhar”.

A campeã do Mundo não sentiu dificuldades para vencer a prova de 10 quilómetros em 2 horas, 10 minutos e 25 segundos, o quinto melhor tempo em termos absolutos, seguida de Mafalda Rosa com 2:11,02 e da espanhola Paula Bravo com 2:16.37.

Ana Marcela Cunha lembrou que veio à Madeira há 15 anos “inaugurar o complexo desportivo da Penteada” e agora, pela primeira vez, nadou no mar da Madeira. “Estou muito feliz, é muito bom voltar, foi a primeira vez que nadei aqui no mar. E foi bom regressar depois da pandemia, a água é limpa, é muito seguro”, vincou.

“Cada lugar é diferente, o mar nunca é igual, a corrente nunca é igual, e cada dia é um dia diferente onde quer que seja. Temos lugares muitos bonitos e este é um dos mais bonitos onde já nadei, é muito bom para quem está nadando”, revelou.

Por sua vez, Mafalda Rosa, melhor portuguesa em prova, considerou que foi uma “experiência incrível” nadar na Madeira. “Foi a primeira prova que fiz em linha reta, foi muito bom, depois de uma boa preparação após a pandemia. Vou continuar a treinar para a qualificação para os Jogos Olímpicos”, disse a nadadora do Clube de Natação de Rio Maior, em representação da Seleção Nacional.

Resultados

Créditos da foto: FPN

Comentários