Alfonso Merino: “Fizemos história em dois fins de semana consecutivos”

4
  •  
  •  
  •  

Alfonso Merino, técnico do Fluvial Portuense, considera que a equipa fez “história em dois fins de semana consecutivos”, ao vencer o primeiro jogo de sempre na Liga dos Campeões e a primeira supertaça do palmarés do clube.

Em entrevista ao Chlorus, o treinador espanhol começou por falar da liga milionária e mostrou-se bastante satisfeito com o desempenho dos seus pupilos. O Fluvial ficou integrado no Grupo A, tendo sido derrotado pelos húngaros do OSC Budapest (22-3), os russos do Sintez Kazan (21-5) e pelos espanhóis do CN Terrassa (14-3), tendo ganho a derradeira partida à equipa da casa, os bósnios do VK Banja Luka (5-10).

“A participação foi muito boa, havia uma equipa de “top”, que era o Budapest, e duas equipas muito fortes, o Terrassa, terceiro classificado da liga espanhola, e o Kazan. O Budapeste foi muito superior a nós, mas com o Terrassa e o Kazan tivemos períodos muito bons. No último jogo, contra o Banja Luka, o primeiro quarto custou-nos um pouco, talvez pelos nervos, mas acabámos por ganhar com autoridade e ficámos muito contentes.”

No fim de semana seguinte, o clube nortenho voltou a fazer história, ao derrotar o Paredes por 7-6 na Supertaça Carlos Meinêdo. Alfonso Merino não podia ter ficado mais satisfeito.

“Ganhámos com maior facilidade do que esperávamos, o Paredes perdeu vários titulares da temporada passada e nós vínhamos da Liga dos Campeões com um ritmo competitivo forte. O significado foi muito importante e para mim também foi muito especial conseguir a primeira vitória do Fluvial na Liga dos Campeões e vencer a primeira Supertaça do clube, fizemos história em dois fins de semana seguidos”, conta o técnico.

O treinador fluvialista revelou ainda que os primeiros tempos em Portugal estão a ser “muito bons” e que a “família do Fluvial” o recebeu de braços abertos. A família do técnico também se adaptou bem a Portugal, nomeadamente à cidade do Porto, que considera “fantástica e de uma beleza incomparável”.

Alfonso Merino espera dar continuidade ao bom início de época e poder “ganhar a liga e a taça”, os grandes objetivos para 2017/2018, bem como o crescimento da equipa B e das equipas de formação.

Mais de 10 mil leitores não dispensam o Chlorus.
Fazer jornalismo de Natação tem um custo e por isso
precisamos de si para continuar a trabalhar e fazer melhor.
Torne-se nosso assinante por apenas 12€ por ano e
tenha acesso a todos os conteúdos Premium.



Comentários