A2 Masculino: Leixões conquista os primeiros três pontos da temporada

  •  
  •  
  •  

O melhor ficou para o fim

Na 4.ª jornada do Campeonato Portugal A2 Masculino, que ocorreu este domingo, teve como principal destaque, conforme enuncia o subtítulo, o último encontro do dia entre Leixões e Povoense. Contudo, antes de relatar as principais incidências deste jogo, há que elencar os resultados dos demais.

A meio da manhã, em Recarei, o Paredes “B” recebeu, e venceu, o CDUP por 20-13 (8-4, 5-2, 3-3, 4-4). Até ao intervalo o domínio prevaleceu a favor dos da casa, porém, após o interregno, os universitários do Porto equilibraram o jogo conseguindo empatar ambos os parciais. Em termos individuais, destaque para os 7 golos do canhoto paredense Xavier Sousa, e do lado dos visitantes salientar os 4 tentos de Bernardo Pinto.

Em Lousada, perto da hora do almoço, o Fluvial “B” venceu confortavelmente os locais por 6-24 (1-5, 1-7, 1-4, 3-8). Em termos individuais destaque para os 8 golos do fluvialista José Brandão, e do lado lousadense os dois tentos de Nuno Silva.

Em último, mas não menos importante, falemos então do jogo que despoletou as emoções dos adeptos leixonenses e poveiros, que teve triunfo dos matosinheses por 7-6 (3-1, 1-2, 1-1, 2-2). À entrada para este desafio, ambos os coletivos estavam à procura dos primeiros pontos na temporada, prevendo-se, por isso, um duelo intenso do princípio ao fim. E assim foi… Entraram melhor os da casa que findaram o primeiro parcial na frente. Todavia, os poveiros não desarmaram, conseguiram reduzir a desvantagem, chegando ao intervalo a perder apenas por 1 tento. Ainda faltavam 2 períodos para se jogar e conforme o leitor sabe, no desporto, e neste caso no polo aquático, tudo pode acontecer no que sobejava jogar. O equilíbrio manteve-se, os golos surgiram de ambos os lados, mas a vitória não escapou ao Leixões que amealhou os primeiros 3 pontos da temporada. Em termos individuais, destaque para o “bis” dos atletas Rodrigo Rodrigues, Tiago Pereira e Nélson Magalhães (Leixões); do lado do Povoense, salientar, igualmente, o “bis” dos jogadores Tomás Carvalho e Filipe Santos.

Mais de 10 mil leitores não dispensam o Chlorus.
Fazer jornalismo de Natação tem um custo e por isso
precisamos de si para continuar a trabalhar e fazer melhor.
Torne-se nosso assinante por apenas 10€ por ano e
tenha acesso a todos os conteúdos Premium.



Comentários